Nomeação de amigo do clã Bolsonaro para PF gera resistência política e ações judiciais

Posse de Alexandre Ramagem, amigo do clã Bolsonaro, marcada para esta quarta-feira, motiva ações contrárias na Justiça. Também no Congresso Nacional há reações políticas

Alexandre Ramagem
Alexandre Ramagem (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A nomeação do novo diretor-geral da Polícia Federal, Alexandre Ramagem, é alvo de uma série de ações na Justiça e gera resistência política no Congresso. Há uma forte reação ao fato de o nomeado ser amigo do clã Bolsonaro e assumir o posto com a função de proteger os interesses da família e de aliados do titular do Palácio do Planalto em investigações da Polícia Federal.

Segundo a Folha de S.Paulo, partidos e movimentos políticos entraram com ações judiciais para tentar impedir a posse, marcada para as 15h desta quarta-feira (29). A opinião corrente é que há "abuso de poder" e "desvio de finalidade" na escolha.

No final da tarde desta terça, havia ao menos seis processos pedindo a suspensão da nomeação de Ramagem, alegando que Bolsonaro praticou "aparelhamento particular" ao indicá-lo para a função.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247