Novo diretor da PF pede ajuda em grupos de delegados no WhatsApp

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, enviou mensagens para alguns grupos de delegados no Whatsapp, em busca de apoio; pelo aplicativo, pediu a ajuda dos colegas para exercer o cargo que já assumiu oficialmente, mas só receberá a confirmação no dia 20, data da transmissão de cargo; aos colegas, ele disse que, sozinho, não conseguirá fazer nada, e ainda prometeu que a porta de sua sala estaria sempre aberta

Fernando Segóvia
Fernando Segóvia (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na tentativa de aplacar as críticas e conquistar todo o apoio possível dentro da corporação, o novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, enviou mensagens para alguns grupos de delegados no Whatsapp. Pelo aplicativo, pediu a ajuda dos colegas para exercer o cargo que já assumiu oficialmente, mas só receberá a confirmação no dia 20, data da transmissão de cargo. Aos colegas, ele disse que, sozinho, não conseguirá fazer nada. E ainda prometeu que a porta de sua sala estaria sempre aberta.

Esse era o teor, por exemplo, do texto encaminhado para o grupo “Sindepol Geral", de integrantes do Sindicato dos Delegados Federais no Distrito Federal. Fernando Segóvia já foi vice-presidente dessa entidade. “Bom dia meus amigos. Muito obrigado por todas as mensagens de apoio, esperança e fé na missão que terei de desempenhar. Mas sozinho não conseguirei fazer nada”, afirmou o comandante da PF, que continuou: “Conto com o apoio de vocês, meus amigos. Minha sala estará sempre aberta a todos vocês. Grande abraço e um bom final de semana".

Como resposta, Segóvia recebeu várias mensagens com emojis que mandam beijinhos e outras com desenhos de mãos que aplaudem. Ainda ganhou a promessa de apoio de policiais que estão na fronteira. No desenrolar da conversa, entre desejos de boa sorte, delegados postaram a notícia de que parlamentares querem convocar Fernando Segóvia para falar sobre a própria nomeação. A partir daí, os integrantes do grupo começaram a postar declarações de apoio à nomeação dele para o cargo.

As informações são de reportagem de Gabriela Valente em O Globo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247