Número de internados no Albert Einstein por Covid-19 bate recorde; vai piorar, diz presidente do hospital

No hospital da elite brasileira, o Albert Einstein, nunca houve tantas pessoas internadas por Covid-19. O número de 140 pessoas hospitalizadas é o maior desde fevereiro de 2020. Em abril do ano passado, no auge da primeira onda, eram 138. Número é consequência das festas de fim de ano

Hospital Alberto Einstein
Hospital Alberto Einstein (Foto: Divulgação Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O número internados por Covid-19 no hospital Albert Einstein, considerado o melhor centro privado do país, em São Paulo, bateu recorde e é o maior desde o primeiro caso diagnosticado pela instituição, em fevereiro do ano passado. 140 doentes estão internados agora, contra 138 em abril de 2020, mês de pico da primeira onda da epidemia. 138 pessoas estavam no hospital.

A coluna de Mônica Bergamo ouviu o presidente do Einstein, Sidney Klajner: “A curva é crescente, e a situação vai piorar”, disse.

As festas de fim de ano agravaram a situação. Em dezembro, o número de pacientes de covid-19 oscilava entre 108 e 110. Subiu para 120 na virada do ano e agora chegou a 140..​

Do total de pacientes, 35% estão em UTI - 26 deles, em ventilação mecânica.

“A situação é preocupante. Temos que seguir nos distanciando. Sair, só o estritamente necessário. Refeições em ambientes fechados, por exemplo, nem pensar”, diz Klajner.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247