'O Brasil precisa de um governo que cuide do pobre, do trabalhador, dos indígenas e ribeirinhos', diz Lula

Ex-presidente tem publicado mensagens de otimismo das redes sociais todos os dias pela manhã

www.brasil247.com - Lula no Nordeste
Lula no Nordeste (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - Em mais de uma suas mensagens matinais no Twitter, o ex-presidente Lula (PT) afirmou neste sábado (25) que "o Brasil está precisando de carinho".

"O Brasil está precisando de carinho. De um governo que cuide do povo pobre, do povo trabalhador, de quem vive à beira dos igarapés, da população indígena, dos ribeirinhos. Nosso país vai voltar a ser feliz porque vamos fazer isso, vamos tratar com decência o povo", escreveu.

Lula tem repetido em seus discursos que um governo precisa ser como uma mãe, que cuida de todos os seus filhos, mas dá atenção especial aos que mais necessitam. “Eu acho que o país precisa voltar a uma certa normalidade. Esse país está precisando de afago, está precisando de chamego. Precisa ter alguém que gosta de fazer cafuné no povo, de acarinhar o povo, que gosta de garantir que o povo tenha direitos”, afirmou o ex-presidente nesta semana à Rádio Difusora de Manaus (AM). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email