'O mais parisiense entre todos os brasileiros', diz prefeita de Paris sobre Lula

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou que o ex-presidente é o “mais parisiense entre todos os brasileiros”. Lula ainda não decidiu se vai viajar a Paris para receber o título de cidadão honorário da capital francesa. A prefeitura parisiense concedeu o título ao ex-presidente no dia 3 de outubro, quando ele ainda estava preso nas dependências da Polícia Federal em Curitiba.

Lula em ato com artistas no Circo Voador, RJ
Lula em ato com artistas no Circo Voador, RJ (Foto: Mídia Ninja)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Rede Brasil Atual - Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vão utilizar a criação do juiz de garantias, introduzido na legislação com a aprovação do pacote anticrime em dezembro, em uma ação que corre na Organização das Nações Unidas (ONU). Nessa ação, a defesa contesta a parcialidade do ex-juiz e ministro da Justiça, Sergio Moro. Segundo os advogados, ao sancionar a medida no interior do pacote anticrime, o presidente Jair Bolsonaro reconheceu que o Brasil está em falta com os tratados internacionais. A informação é da Folha de S.Paulo.

A ausência do juiz de garantias é considerada sintoma de “medievalismo investigatório” na legislação brasileira, conforme definição do professor de Direito Penal da Faculdade de Direito da USP Alamiro Velludo Salvador Netto.

O juiz de garantias é a figura que faz o controle da investigação conduzida pelo Ministério Público ou pela polícia. Com sua introdução, o processo penal será acompanhado por dois magistrados. Enquanto o  juiz de garantias será responsável pela fiscalização das investigações, o segundo dá sequência ao processo e profere a sentença. No caso do triplex, por exemplo, que levou Lula à prisão, o mesmo magistrado (Sergio Moro) foi responsável por todas as etapas do processo.

Lula em Paris

Lula ainda não decidiu se vai viajar a Paris para receber o título de cidadão honorário da capital francesa. A prefeitura parisiense concedeu o título ao ex-presidente no dia 3 de outubro, quando ele ainda estava preso nas dependências da Polícia Federal em Curitiba. Lula foi libertado no dia 8 de novembro.

O Instituto Lula não confirma a viagem do ex-presidente à Europa, mas destaca que ele recebeu um telefonema da prefeita de Paris, Anne Hidalgo, dias antes do Natal, reforçando o convite.

Na ocasião, Hidalgo afirmou que o ex-presidente é o “mais parisiense entre todos os brasileiros”. No dia da soltura de Lula, a prefeita saudou a notícia em sua conta no Twitter. “É bom saber que o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio ‘Lula’ da Silva acaba de ser libertado. Eu o espero o mais rápido possível em Paris, onde ele é cidadão honorário”, escreveu ela.

Na ocasião, Lula retribuiu: “Acabo de receber a ligação da prefeita de Paris @Anne_Hidalgo. Disse a ela que serei eternamente grato pelo importante gesto do povo parisiense em me conceder o título de cidadão, em um momento muito difícil da minha vida”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247