Olavista, sem formação sobre causas negras, é nomeado para coordenar Quilombo na Fundação Palmares

Victor Hugo Diogo Barboza, de 33 anos, atuará como coordenador de articulação e apoio às comunidades remanescentes dos quilombos. A indicação foi do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, e Victor Hugo Diogo Barboza
Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, e Victor Hugo Diogo Barboza (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Brasil Soberano - O Ministério do Turismo nomeou um aluno de Olavo de Carvalho parar coordenar o apoio a quilombos dentro da Fundação Palmares. A publicação saiu hoje no Diário Oficial.

Victor Hugo Diogo Barboza, de 33 anos, atuará como coordenador de articulação e apoio às comunidades remanescentes dos quilombos. A indicação foi do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

Victor chegou a incluir que é aluno de Olavo no currículo apresentado à Palmares para a vaga. Segundo o documento, ele faz o curso online de “filosofia” de Olavo.

O novo coordenador é formado em direito e biomedicina e trabalhou por sete anos como assessor de acompanhamento de projetos na liderança do MDB na CCJ e na CAE do Senado.

O currículo não inclui, no entanto, nenhum curso ou especialização sobre causas negras e, no documento enviado à Fundação, Victor afirma n

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247