Onyx diz que Guedes está 'falando com fígado' porque está 'perturbado'

"Acho que o ministro Paulo Guedes talvez esteja chateado com alguma coisa e esteja falando com o fígado, e não com o cérebro", disse o ministro Onyx Lorenzoni

Kennedy: por trás da disputa no Senado está uma guerra sanguinolenta entre Guedes e Onyx
Kennedy: por trás da disputa no Senado está uma guerra sanguinolenta entre Guedes e Onyx
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A crise de Paulo Guedes no governo Bolsonaro parece não ter terminado. O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, criticou a postura do ministro da Economia e disse que ele está falando "com o fígado, e não com o cérebro".

"Acho que o ministro Paulo Guedes talvez esteja chateado com alguma coisa e esteja falando com o fígado, e não com o cérebro", disse Onyx, durante evento da Federasul (Federação de Entidades Empresariais do RS), em Porto Alegre.

De acordo com reportagem do jornal Zero Hora, Onyx disse ainda que Guedes está "perturbado", mas afirmou, também, que espera que o colega "volte para o eixo" em breve. 

PUBLICIDADE

A crítica foi uma resposta a Guedes, que durante audiência com parlamentares realizada nesta terça (26), disse que Onyx perdia tempo com inaugurações de campos de futebol e distribuindo "medalhas e troféus", quando deveria pensar outras possibilidades.

Ao ser questionado dobre o assunto, Onyx disse que "o ministro Paulo Guedes sabe como é que ele resolve as coisas comigo: é falando diretamente".

PUBLICIDADE

"Eu lamento que ele esteja, talvez, um pouco perturbado nesse momento, mas tenho certeza de que logo logo ele retorna para o eixo. O trem volta para o trilho, e o Brasil vai para a frente", acrescentou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email