Operação Ano Novo: 150 voos atrasados neste sábado

O primeiro dia da Operação Fim de Ano anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fiscalizar as empresas aéreas e evitar atrasos nos aeroportos, a Infraero registrou, até 17h, 150 voos (9,1 %)atrasados em todos o país, dos 1.642 voos previstos; segundo a Infraero, 46 voos (2,8%) foram cancelados, e 15 estão atrasados; maior número de ocorrências foi registrado no aeroporto de Guarulhos; foram registrados 27 atrasos e um cancelamento (de um total de 169 voos programados) até então

O primeiro dia da Operação Fim de Ano anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fiscalizar as empresas aéreas e evitar atrasos nos aeroportos, a Infraero registrou, até 17h, 150 voos (9,1 %)atrasados em todos o país, dos 1.642 voos previstos; segundo a Infraero, 46 voos (2,8%) foram cancelados, e 15 estão atrasados; maior número de ocorrências foi registrado no aeroporto de Guarulhos; foram registrados 27 atrasos e um cancelamento (de um total de 169 voos programados) até então
O primeiro dia da Operação Fim de Ano anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fiscalizar as empresas aéreas e evitar atrasos nos aeroportos, a Infraero registrou, até 17h, 150 voos (9,1 %)atrasados em todos o país, dos 1.642 voos previstos; segundo a Infraero, 46 voos (2,8%) foram cancelados, e 15 estão atrasados; maior número de ocorrências foi registrado no aeroporto de Guarulhos; foram registrados 27 atrasos e um cancelamento (de um total de 169 voos programados) até então (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

André Richter*
Repórter da Agência Brasil

Brasília - No início do primeiro fim de semana da Operação Fim de Ano anunciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fiscalizar as empresas aéreas e evitar atrasos nos aeroportos, a Infraero registrou, até 17h, 150 voos (9,1 %)atrasados em todos o país, dos 1.642 voos previstos. De acordo com levantamento feito pela Infraero, 46 voos (2,8%) foram cancelados, e 15 estão atrasados.

Segundo divulgou a Anac, 315 servidores trabalharão em turnos para cobrir os períodos de maior movimento e de grande fluxo de passageiros. A nota da agência informa que, em Brasília, Guarulhos (SP) e no Galeão(RJ), a fiscalização será feita 24 horas.

Os três aeroportos paulistas que vão entrar na intensificação da fiscalização por parte da Anac tiveram hoje (14), até as 16h, cancelamentos e atrasos de voos acima do normal. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital, três voos foram cancelados e cinco tiveram atrasos (de um total de 129 voos programados).

No aeroporto de Guarulhos, foram registrados 27 atrasos e um cancelamento (de um total de 169 voos programados). Em Campinas, no aeroporto de Viracopos, houve um cancelamento e seis atrasos (do total de 97 voos programados).

Em Brasília, dos 107 voos previstos, 18 estão atrasados (16,8%) e três (2,8%) foram cancelados. A reportagem da Agência Brasil não identificou fiscais da Anac de plantão no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. A Agência Brasil tentou contactar o assessor plantonista no número do celular divulgado pelo site da Anac, mas as ligações não foram atendidas.

*Coloboraram: Fernanda Cruz e Nielmar de Oliveira

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247