Para 81%, Michelle Bolsonaro não pode tirar arte sacra do Alvorada

Enquete feita com a Comunidade 247 aponta uma reação negativa desse público à notícia de que a futura primeira-dama, evangélica, teria pedido para que artes sacras fossem removidas do Palácio da Alvorada, onde irá morar com o presidente eleito a partir de janeiro; de acordo com o levantamento publicado no YouTube, e que recebeu 1,9 mil votos, 81% consideram que ela não teria o direito de remover as obras, já que o espaço é um prédio público; para 13%, ela tem o direito de mudar o local onde irá morar e 6% acreditam que o caso é fake news da imprensa

Para 81%, Michelle Bolsonaro não pode tirar arte sacra do Alvorada
Para 81%, Michelle Bolsonaro não pode tirar arte sacra do Alvorada

247 - A grande maioria dos participantes da mais recente sondagem feita com a Comunidade 247, a futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não teria o direito de retirar as artes sacras do Palácio da Alvorada, residência oficial do governo, onde irá morar com o presidente eleito Jair Bolsonaro a partir de janeiro. Dos 1,9 mil participantes da enquete, 81% disseram que o espaço é público e que, logo, a família presidencial não teria o direito de fazer a mudança.

Apenas 13% dos votantes acreditam que Michelle Bolsonaro tem o direito de mudar o local onde irá morar. Já os 6% dos participantes da sondagem restantes acreditam que o caso é apenas mais uma fake news criada pela imprensa, como declarado pelo general Heleno.

Isso porque o próprio Bolsonaro se disse "surpreso" com a notícia, chamada de fake news também pelo general Augusto Heleno, futuro ministro do governo. Já o general Hamilton Mourão, vice-presidente eleito, e que por diversas vezes tem se posicionado de forma oposta à de Bolsonaro, declarou que a história era verdadeira.

"Sou evangélica e acho que as obras de arte não ofendem a Deus. O q ofende a Deus na minha visão de cristã e não amar a Deus e nem ao próximo. Também ofende a Deus adorar mamon (deus das riquezas) pq o senhor Jesus disse q não se pode servir a dois senhores. Tirar as obras de arte sacras está mais para superstição", disse a participante da consulta Valeria Bosignoli, que votou com a maioria.

Acesse aqui a pesquisa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247