Para Maia, Justiça do Trabalho “não deveria nem existir”

Presidente da Câmara diz que o projeto da terceirização, que anistia débitos e penalidades aplicadas a empresas que praticam esse tipo de contratação, será colocado em votação nesta quinta-feira 9; segundo Rodrigo Maia (DEM-RJ), há juízes do trabalho que tomam decisões "irresponsáveis", que quebraram bares, restaurantes e hotéis no Rio de Janeiro; para ele, a Justiça do Trabalho "não deveria nem existir"

rodrigo maia
rodrigo maia (Foto: Gisele Federicce)

247 - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou nesta quarta-feira 8 que o projeto da terceirização, que prevê anistia de débitos e penalidades aplicadas a empresas que praticam esse tipo de contratação, será colocado em votação nesta quinta-feira 9.

Maia afirmou que há juízes do trabalho que tomam decisões "irresponsáveis", que quebraram bares, restaurantes e hotéis no Rio de Janeiro. "Tivemos que aprovar uma regulamentação da gorjeta porque foi quebrando todo mundo pela irresponsabilidade da Justiça brasileira, da Justiça do Trabalho, que não deveria nem existir", disse.

"O excesso de regras no mercado de trabalho geraram 14 milhões de desempregados", completou.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247