Partidos começam a definir voto sobre reforma da Previdência

Às vésperas de se iniciar o debate na Comissão Especial da Câmara dos Deputados da reforma da Previdência, dez partidos já definiram oficialmente seus votos nesta etapa da tramitação da matéria; dentre estes, somente o PSL, partido do presidente de extrema direita, Jair Bolsonaro, e o Novo, são totalmente favoráveis à reforma; partidos de esquerda e centro-esquerda cotarão contra; o Centrão, que abriga partidos de direita e centro-direita, é favorável à reforma, mas proporá mudanças no texto apresentado por Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes

Partidos começam a definir voto sobre reforma da  Previdência
Partidos começam a definir voto sobre reforma da Previdência (Foto: J. Batista / Câmara dos Deputados)

247 - Às vésperas de se iniciar o debate na Comissão Especial da Câmara dos Deputados da reforma da Previdência, dez partidos já definiram oficialmente seus votos nesta etapa da tramitação da matéria. Dentre estes, somente o PSL, partido do presidente de extrema direita, Jair Bolsonaro, e o Novo, são totalmente favoráveis à reforma.

Partidos de esquerda e centro esquerda, todos de oposição, como PDT, PT, PCdoB, PSB, PSOL, PDT e Rede) anunciaram que votarão contra a Proposta de Emenda Constitucional da reforma. Ao todo, são 133 votos na Câmara.

Partidos de centro-direita, como o MDB e o PR anunciaram que votarão a favor da reforma, mas vão propor mudanças no texto.

Outros 11 partidos do direita e centro-direita, integrantes do chamado Centrão, manifestaram-se a favor da reforma, sem anúncio oficial. Esses partidos também proporão alterações no texto enviado ao Congresso por Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes.

As informações são do repórter Antonio Temóteo, do UOL

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247