Pesquisa PoderData mostra recuo na rejeição ao governo Bolsonaro, de 63% para 58%

Apesar da queda, a reprovação continua elevada, 25 pontos percentuais maior que o índice de aprovação, que é de 33%

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - Pesquisa PoderData, divulgada pelo site Poder360, aponta que a rejeição ao governo Jair Bolsonaro caiu de 63% para 58% nos últimos 15 dias. Já a aprovação ficou em 33%, dentro da margem de erro do levantamento, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Apesar da queda, a gestão do atual governo continua elevada, 25 pontos percentuais maior que o índice de aprovação. No início de setembro esta diferença era de 36 pontos. 

Quando indagados sobre a avaliação do trabalho pessoal do ex-capitão, 53% dos entrevistados classificaram como “ruim” ou “péssimo”, uma retração de 5 pontos em relação a duas semanas atrás. Já o grupo que considera o trabalho de Bolsonaro como “bom” ou “ótimo” subiu de 25% para 29%. Outros 18% consideram a situação como “regular” e os que acham o trabalho do ocupante do Palácio do Planalto “ruim ou péssimo”.

As mulheres e jovens entre 16 e 24 anos são os que mais desaprovam a atual gestão, com 62% e 80% de reprovação, respectivamente. Entre os homens, o governo Bolsonaro é aprovado por 41%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pesquisa ouviu 2,5 mil pessoas por meio de ligações para telefones celulares e fixos em 469 municípios de todos os estados do país entre os dias 11 e 13 de outubro de 2021. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email