Pessoa não aceita pressão por delação na Lava Jato

Dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa não estaria "disposto a falar o que as pessoas querem ouvir" e resiste à hipótese de colaborar com a Justiça na Operação Lava Jato, em troca da liberdade ou de penas mais brandas

Dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa não estaria "disposto a falar o que as pessoas querem ouvir" e resiste à hipótese de colaborar com a Justiça na Operação Lava Jato, em troca da liberdade ou de penas mais brandas
Dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa não estaria "disposto a falar o que as pessoas querem ouvir" e resiste à hipótese de colaborar com a Justiça na Operação Lava Jato, em troca da liberdade ou de penas mais brandas (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O dono da UTC, Ricardo Pessoa, descarta, por enquanto, fechar um acordo de delação premiada na Operação Lava Jato, em troca da liberdade ou de penas mais brandas.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, um interlocutor do empreiteiro afirma que ele "tem muito caráter" e não estaria "disposto a falar o que as pessoas querem ouvir".

Um segundo interlocutor afirma que Pessoa ainda estuda a possibilidade de ser inocentado ou ter punições amenizadas sem recorrer à delação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247