Petistas dizem que divisão do partido não indica que parte da bancada vai votar em Lira

Membros do PT dizem não ver chance de que deputados da legenda votem no candidato de Jair Bolsonaro à presidência da Câmara

Baleia Rossi, Gleisi Hoffmann e Ênio Verri
Baleia Rossi, Gleisi Hoffmann e Ênio Verri (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Apesar das críticas generalizadas à negociação feita com o chamado bloco do Maia, que tem por candidato Baleia Rossi, do MDB, ao comando da Câmara dos Deputados, petistas negam que a divisão do partido vá fazer com que migrem votos para Arthur Lira, do PP. 

Petistas que foram contra a adesão a Baleia Rossi dizem que dificilmente haverá votos no candidato governista, mas se queixam que faltou negociação, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

“A divisão [desta segunda] não vai se refletir na votação do PT. Ainda podem existir alguns a se abster na reta final, mas com certeza mais de 50 deputados vão com o Baleia”, diz Alexandre Padilha (PT-SP), que votou favoravelmente ao bloco liderado pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email