PF vai investigar Eike por crime contra o mercado

Empresário Eike Batista vai ser investigado pela Polícia Federal por supostos crimes contra o mercado de capitais relacionados a sua atuação como controlador da OGX; inquérito deverá ser instaurado ainda esta semana, e atende a pedido do Ministério Público Federal; duas irregularidades foram verificadas pela Comissão de Valores Mobiliários; uma delas foi a prática de "insider trading", por suposta venda de ações da OGX antes de a empresa divulgar ao mercado redução na previsão de suas reservas, o que ocorreu em julho de 2013

PF vai investigar Eike por crime contra o mercado
PF vai investigar Eike por crime contra o mercado

247 - O empresário Eike Batista vai ser investigado pela Polícia Federal por supostos crimes contra o mercado de capitais relacionados a sua atuação como controlador da OGX. O inquérito deverá ser instaurado ainda esta semana, e atende a pedido do Ministério Público Federal. A investigação terá como base o trabalho da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que abriu processo no ano passado para apurar o caso, a pedido de investidores.

Duas irregularidades foram verificadas pela CVM. Uma delas foi a prática de "insider trading", por suposta venda de ações da OGX antes de a empresa divulgar ao mercado redução na previsão de suas reservas, o que ocorreu em julho de 2013.

A CVM também identificou manipulação de mercado, pelo fato de Eike ter divulgado mensagens positivas sobre a empresa em sua conta no "Twitter" quando ele mesmo estaria vendendo as ações. A pena para manipulação de mercado, segundo a lei, vai até oito anos de prisão, além de aplicação de multa de até três vezes a vantagem obtida com a prática ilegal. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247