PML: ao contrariar parecer da ONU, MPF busca o linchamento de Lula

O jornalista Paulo Moreira Leite condena a postura do Ministério Público Federal (MPF), que classificou o posicionamento da ONU como "precipitado"; a organização apontou arbitrariedades na condenação de Lula e indicou que o ex-presidente voltasse a ter seus direitos políticos; Moreira Leite afirma que a real intenção do MPF "é de promover o linchamento de Lula"; assista a íntegra do programa Boa Noite 247 

PML: ao contrariar parecer da ONU, MPF busca o linchamento de Lula
PML: ao contrariar parecer da ONU, MPF busca o linchamento de Lula

TV 247 - O programa Boa Noite 247 desta segunda-feira (20) destacou as pesquisas Ibope e CNT/MDA que apontam o crescimento da liderança de Lula, que atinge 37% das intenções de voto, além da declaração do Ministério Público Federal (MPF) sobre o parecer da ONU que apontou arbitrariedades no processo que condenou Lula. 

O jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a pesquisas Ibope e MDA, que colheram amostragens até o último sábado (18), não conseguiram captar de fato a opinião pública, após o parecer da ONU. "Não porque o instituto de pesquisa quis subestimar, mas não havia ainda uma repercussão sobre o assunto, principalmente por conta da mídia hegemônica esconder a notícia", analisa. 

Na opinião de Moreira Leite, se a população tivesse mais acesso ao parecer da ONU, Lula teria tido um desemprenho ainda maior nas pesquisas. 

MPF

O procurador Maurício Gerum pronunciou-se oficialmente em nome do MPF, dizendo que o parecer da ONU em relação a Lula foi precipitado. 

O jornalista Alex Solnik avalia que a medida é urgente sim, pois os direitos políticos de Lula estão sendo violados, e é isso que o parecer da ONU diz. 

Moreira Leite acredita que o mais importante para o MPF é promove o linchamento de Lula. "Não interessa argumentos, Lula é o grande vilão para essa gente", lamenta. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247


Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247