Pml: proibir visita medica é covarde, querem enfraquecer Lula

O jornalista Paulo Moreira Leite classifica como gravíssima a atitude da juíza Carolina Lebbos em proibir visitas médicas ao ex-presidente Lula; “É muito mais grave do que qualquer outro impedimento de visita, porque a saúde de uma pessoa na cadeia tende a piorar, principalmente quando a pessoa tem setenta e dois anos e já teve um câncer, a atitude da juíza é covarde e cruel. Querem enfraquecer Lula para tirá-lo do combate”, denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247

O jornalista Paulo Moreira Leite classifica como gravíssima a atitude da juíza Carolina Lebbos em proibir visitas médicas ao ex-presidente Lula; “É muito mais grave do que qualquer outro impedimento de visita, porque a saúde de uma pessoa na cadeia tende a piorar, principalmente quando a pessoa tem setenta e dois anos e já teve um câncer, a atitude da juíza é covarde e cruel. Querem enfraquecer Lula para tirá-lo do combate”, denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247
O jornalista Paulo Moreira Leite classifica como gravíssima a atitude da juíza Carolina Lebbos em proibir visitas médicas ao ex-presidente Lula; “É muito mais grave do que qualquer outro impedimento de visita, porque a saúde de uma pessoa na cadeia tende a piorar, principalmente quando a pessoa tem setenta e dois anos e já teve um câncer, a atitude da juíza é covarde e cruel. Querem enfraquecer Lula para tirá-lo do combate”, denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247 (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 - O programa Boa noite 247 desta quarta-feira (25) analisou o cenário político brasileiro, em destaque a reação agressiva da imprensa golpista perante a decisão do Superior Tribunal Federal (STF), que retirou das mãos do juiz Sério Moro o processo do Sítio em Atibaia arbitrariamente atribuído a Lula, devolvendo à peça judicial para justiça de São Paulo. O programa também criticou os abusos cometidos com o ex-presidente, que sofre atá com proibições de visitas médicas. 

Nesta quarta-feira (25), o jornalista José Roberto Guzzo postou nas redes sociais que a decisão do STF em retirar o processo de Sérgio Moro seria um golpe militar por parte da suprema corte. O jornalista Alex Solnik criticou a postura do colunista da Veja. “Estou estarrecido, ele dizer que o STF está a serviço da tirania, é ridículo, um absurdo. Na verdade os ministros restabeleceram a lei baseando-se na constitucionalidade”, destaca.

Alex também criticou a fala do jornalista Merval Pereira, porta voz da Rede Globo, ao declarar que O STF abre precedentes perigosos com a decisão de transferir o processo para São Paulo. “Não sei onde mora o perigo, a suprema corte apenas aplicou a lei”, esclarece.

A juíza Carolina Lebbos, que responde como substituta pela Vara de Execuções Penais em Curitiba, proibiu nesta quarta-feira (25) que o ex-presidente Lula recebesse a visita de seu médico.

O jornalista Paulo Moreira Leite classifica como gravíssimo o veto à visita médica. “É muito mais grave do que qualquer outro impedimento de visita, porque a saúde de uma pessoa na cadeia tende a piorar, quando você tem setenta e dois ano é claro que está mais fragilizado, considerando ainda que Lula teve um câncer. A atitude da juíza é covarde e cruel, querem enfraquecer Lula para tirá-lo do combate”, denuncia.

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa noite 247: 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247