Polícia Federal rebate Temer e mantém investigação

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota na qual manifestou "preocupação" com a fala de Michel Temer, dizendo que a PF "não protege nem persegue qualquer pessoa". Temer, que é alvo de um inquérito, afirmou que é alvo de "mentiras" e de "vazamentos irresponsáveis"; a nota da Polícia Federal destaca: "É necessário serenidade, sobretudo daquele que ocupa o comando do país, para que suas manifestações não se transformem em potenciais ameaças e venham a exercer pressão indevida sobre a Polícia Federal"

Presidente Michel Temer durante reunião com governadores e ministros no Palácio do Planalto em Brasília 01/03/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente Michel Temer durante reunião com governadores e ministros no Palácio do Planalto em Brasília 01/03/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Gustavo Conde)

247 - A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota na qual manifestou "preocupação" com a fala de Michel Temer, dizendo que a PF "não protege nem persegue qualquer pessoa". Temer, que é alvo de um inquérito, afirmou que é alvo de "mentiras" e de "vazamentos irresponsáveis". A nota da Polícia Federal destaca: "É necessário serenidade, sobretudo daquele que ocupa o comando do país, para que suas manifestações não se transformem em potenciais ameaças e venham a exercer pressão indevida sobre a Polícia Federal".

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) manifesta preocupação com a entrevista do Presidente da República, Michel Temer, sobre as apurações de suposta prática de lavagem de dinheiro envolvendo a si e a seus amigos e familiares".

A ADPF abre sua nota com a seguinte afirmação: "A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) manifesta preocupação com a entrevista do Presidente da República, Michel Temer, sobre as apurações de suposta prática de lavagem de dinheiro envolvendo a si e a seus amigos e familiares". E, depois, complemente: "A ADPF reitera que a instituição não protege, nem persegue qualquer pessoa ou autoridade pública, apenas cumpre seu dever legal de investigar fatos e condutas tipificadas como crimes".

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247