Presidenciáveis terão destaque em 75% do tempo da propaganda eleitoral

As novas regras do Tribunal Superior Eleitoral estabelecem que 75% do tempo da propaganda eleitoral da televisão terá que ser ocupado pelos candidatos à Presidência da República; somente os 25% do tempo restante poderão ser utilizados pelos apoiadores do candidato; dúvida, porém é se os presidenciáveis deverão aparecer durante todo o tempo de inserção ou se poderão utilizar imagens gravadas previamente ou, ainda, se o candidato a vice, também poderá fazer uso do tempo

Presidenciáveis terão destaque em 75% do tempo da propaganda eleitoral
Presidenciáveis terão destaque em 75% do tempo da propaganda eleitoral (Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE)

247 - As novas regras do Tribunal Superior Eleitoral estabelecem que 75% do tempo da propaganda eleitoral da televisão terá que ser ocupado pelos candidatos à Presidência da República. Somente os 25% do tempo restante poderão ser utilizados pelos apoiadores do candidato.

Com a novidade, os marqueteiros dos partidos trabalham com a dúvida se os presidenciáveis deverão aparecer durante todo o tempo de inserção ou se poderão utilizar imagens gravadas por ele ou, ainda, se o candidato a vice, também poderá fazer uso do tempo estabelecido para o cabeça de chapa. Uma solução definitiva deverá ser dada pelo TSE ao longo do desenrolar da campanha eleitoral.

Com a regra, os apoiadores, que normalmente são empregados para atacarem adversários, o tempo das inserções terá que ser melhor administrado pelos marqueteiros. A nova legislação estabelece que só poderão ser feitas críticas administrativas e que os candidatos apresentem suas propostas na sequência.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247