Presidente da OAB diz que ataque de Daniel Silveira é "manobra diversionista" enquanto o País sofre sem vacinação

"No dia em que ficamos sem vacina, também sem previsão de termos tão cedo o retorno da vacinação, o Brasil passa o dia discutindo a prisão de um notório fascista", disse Fernando Santa Cruz

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, classificou como "manobra diversionista" o ataque do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) contra ministros do Supremo Tribunal Federal, que resultou na sua prisão preventiva

Leia a declaração de Felipe Santa Cruz:

Na tarde desta quarta-feira (17), os 11 ministros dos STF decidiram manter a decisão do relator Alexandre de Moraes, que determinou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) na última terça-feira (16).

Daniel Silveira, que já é investigado em inquéritos sobre fake news e por participação em atos antidemocráticos, divulgou um vídeo com ataques a ministros da Suprema Corte e defendendo o AI-5, instrumento de repressão da ditadura militar.

Após a decisão do STF, a Procuradoria-Geral da República (PGR) acusou o deputado Daniel Silveira de cometer o crime de coação no curso do processo e outros dois delitos da Lei de Segurança Nacional. 

 Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email