Protesto da PF em São Paulo ironiza lentidão de inquéritos

Cerca de cem integrantes da Polícia Federal em São Paulo fizeram passeata em frente a sede do órgão levando o boneco de um grande elefante branco

SÃO PAULO,SP,20.08.2013:PROTESTO/POLICIAIS FEDERAIS - Policiais Federais de São Paulo e também de outros estados realizam manifestação em frente à Superintendência da Polícia Federal, na Rua Hugo Dantola, 95, bairro da Lapa, em São Paulo (SP), na manhã de
SÃO PAULO,SP,20.08.2013:PROTESTO/POLICIAIS FEDERAIS - Policiais Federais de São Paulo e também de outros estados realizam manifestação em frente à Superintendência da Polícia Federal, na Rua Hugo Dantola, 95, bairro da Lapa, em São Paulo (SP), na manhã de (Foto: Ana Pupulin)

247 - Com o boneco de um grande elefante branco representando a figura do inquérito policial, cerca de 100 integrantes da Polícia Federal em São Paulo fizeram passeata na manhã desta terça-feira 20 diante da sede do órgão, no bairro da Lapa.

Com camisas e bexigas pretas, eles protestaram contra as condições de trabalho e a estruturação das carreiras na corporação. Participaram do ato agentes, escrivães e papiloscopistas.

"O inquérito policial só resolve 6% dos crimes. Essa manifestação vem para chamar atenção para a modernização da PF, que está 'doente' devido a prepotência dos gestores", disse o presidente do Sindipolf /SP (Sindicato dos Servidores Públicos Civis Federais do Departamento de Polícia Federal no Estado de São Paulo), Alexandre Santana Sally.

A paralisação atrasou trabalhos burocráticos internos e investigações não urgentes. Os postos em portos e aeroportos também funcionaram normalmente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247