PT aciona CNJ contra juíza que proíbe visitas

O senador pelo PT do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias, anunciou pelas redes sociais que seu partido vai acionar o Conselho Nacional de Justiça contra a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba;  magistrada tem proibido praticamente todas as visitas ao ex-presidente Lula desde que ele foi preso, no último dia 8; apenas os advogados e uma comitiva de senadores da Comissão de Direitos Humanos conseguiram visitar o petista

O senador pelo PT do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias, anunciou pelas redes sociais que seu partido vai acionar o Conselho Nacional de Justiça contra a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba;  magistrada tem proibido praticamente todas as visitas ao ex-presidente Lula desde que ele foi preso, no último dia 8; apenas os advogados e uma comitiva de senadores da Comissão de Direitos Humanos conseguiram visitar o petista
O senador pelo PT do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias, anunciou pelas redes sociais que seu partido vai acionar o Conselho Nacional de Justiça contra a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba;  magistrada tem proibido praticamente todas as visitas ao ex-presidente Lula desde que ele foi preso, no último dia 8; apenas os advogados e uma comitiva de senadores da Comissão de Direitos Humanos conseguiram visitar o petista (Foto: Gustavo Conde)

Da Revista FórumO senador Lindbergh Farias (PT-RJ) anunciou pelas redes sociais nesta segunda-feira (23) que seu partido vai acionar o Conselho Nacional de Justiça contra a juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba. A magistrada tem proibido praticamente todas as visitas ao ex-presidente Lula desde que ele foi preso, no último dia 8. Somente os advogados e uma comitiva de senadores da Comissão de Direitos Humanos conseguiram visitar o petista.

Hoje, a juíza proibiu a visita da ex-presidente Dilma Rousseff e, na semana passada, impediu que o prêmio Nobel da Paz Adolfo Perez Esquivel visitasse Lula. Parlamentares do PT e lideranças de outros partidos políticos também tiveram suas visitas proibidas.

Veja mais aqui.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247