PT e família reforçam vaquinha por Genoino

Página criada em solidariedade ao ex-presidente do PT no Facebook já arrecadou desde 11 de novembro do ano passado doações de quase R$ 31 mil; "Você que conhece o companheiro José Genoino, você que sabe dos equívocos no julgamento da Ação Penal 470, deixe sua contribuição para que José Genoino pague a multa da Ação Pena 470, no valor de R$ 468 mil, e não precise vender a sua casa", diz o site; presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Emídio de Souza, também disse que pretende organizar arrecadações para ajudar os condenados do partido

Página criada em solidariedade ao ex-presidente do PT no Facebook já arrecadou desde 11 de novembro do ano passado doações de quase R$ 31 mil; "Você que conhece o companheiro José Genoino, você que sabe dos equívocos no julgamento da Ação Penal 470, deixe sua contribuição para que José Genoino pague a multa da Ação Pena 470, no valor de R$ 468 mil, e não precise vender a sua casa", diz o site; presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Emídio de Souza, também disse que pretende organizar arrecadações para ajudar os condenados do partido
Página criada em solidariedade ao ex-presidente do PT no Facebook já arrecadou desde 11 de novembro do ano passado doações de quase R$ 31 mil; "Você que conhece o companheiro José Genoino, você que sabe dos equívocos no julgamento da Ação Penal 470, deixe sua contribuição para que José Genoino pague a multa da Ação Pena 470, no valor de R$ 468 mil, e não precise vender a sua casa", diz o site; presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Emídio de Souza, também disse que pretende organizar arrecadações para ajudar os condenados do partido (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Sem dinheiro para arcar com a multa de R$ 468 mil fixada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo da AP 47P, o PT e a família do ex-deputado José Genoino (PT-SP) reforçaram a campanha de arrecadação de fundos. O condenado tem menos de dez dias para quitar o valor na Justiça.

Em mensagem no Facebook, Miruna, uma das filha de Genoino, afirma que o petista já vendeu um carro e pede ajuda para não ter que vender a casa na qual o ex-deputado morava em São Paulo. "Tenho certeza de que todos aqui sabem perfeitamente que eu e minha família não temos como pagar 468 mil reais", escreveu. Ela conta que "a duras, duríssimas penas", paga o financiamento de um apartamento "que vale muito menos do que isso" (o valor da multa). "Meus pais moram onde moram (...), o carro que meu pai tinha, um logan de 2008, foi vendido para podermos ajustar nossas finanças depois da prisão", continua ela.

De acordo com a página, foram recolhidos desde 11 de novembro do ano passado doações de quase R$ 31 mil. "Você que conhece o companheiro José Genoino, você que sabe dos equívocos no julgamento da Ação Penal 470, deixe sua contribuição para que José Genoino pague a multa da Ação Pena 470, no valor de R$ 468 mil, e não precise vender a sua casa", diz o site.

O presidente do Diretório Estadual do PT de São Paulo, Emídio de Souza, também se manifestou sobre o assunto nesta segunda-feira. Ele disse que pretende organizar uma vaquinha para ajudar os condenados do chamado “mensalão” filiados ao partido a pagarem a multa. “É uma ideia minha. Quem quiser contribui. Podemos organizar um jantar, uma pizza ou alguma outra atividade. Não podemos usar o dinheiro do partido para isso”, disse.

O valor das multas de José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha ainda serão calculados. “Eles não acumularam patrimônio. Isso é uma das coisas que me indigna nesse processo”, disse Emídio.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247