Queda de Cintra foi motivada por desobediência a Bolsonaro

Bolsonaro ficou irritado com o comportamento de Marcos Cintra e mandou demití-lo da Secretaria Especial da Receita Federal porque viu na divulgação de detalhes da proposta de recriação da CPMF uma desobediência a pedido feito pessoalmente por ele à equipe econômica, informa a coluna Painel da Folha de S.Paulo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Bolsonaro ficou irritado com o comportamento de Marcos Cintra e mandou demití-lo da Secretaria Especial da Receita Federal porque viu na divulgação de detalhes da proposta de recriação da CPMF uma desobediência a pedido feito pessoalmente por ele à equipe econômica, informa a coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Bolsonaro tinha pedido antes de ser internado para sua quarta cirurgia que o assunto não fosse esmiuçado até que ele saísse do hospital. Ressaltou que não estava convencido e pediu que o aguardassem para dar rumo à reforma tributária. 

O episódio foi a gota d´água para a demissão de Cintra. Há tempos, Bolsonaro estava insatisfeito e fazia críticas abertas ao trabalho dele na Receita Federal.   

Sem qualquer cerimônia, Bolsonaro costumava dizer que Cintra era uma boa pessoa, mas que não tinha condições de controlar a Receita.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247