Recurso de Lula no STJ será analisado só depois da substituição de Fischer, diz Noronha

O ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ, afirmou que o recurso da defesa do ex-presidente Lula vai ter que aguardar a nomeação do desembargador substituto de Felix Fischer na 5ª Turma e na 3ª Seção da corte. Fischer é o relator dos procesos da Lava Jato na corte

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Conjur - O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, afirmou nesta quinta-feira (12) que a Corte Especial do tribunal vai analisar a indicação do desembargador Leopoldo Raposo, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, para substituir o ministro Felix Fischer, na 5ª Turma e na 3ª Seção da corte, durante o período de afastamento do titular por motivo de saúde.

Afirmou também que o recurso da defesa do ex-presidente Lula vai aguardar a nomeação do desembargador. O colegiado é responsável por analisar processos da "lava jato" e temas criminais. 

Com a substituição, Raposo poderá cuidar do acervo do gabinete do relator titular. Isso inclui um recurso no qual a defesa do ex-presidente pede para mudar de regime e continue a cumprir a pena no caso do tríplex em regime aberto, em casa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247