Rede diz estar apreensiva com julgamento de Lula

A Rede Sustentabilidade, da pré-candidata à Presidência da República Marina Silva, disse, em nota, estará apreensiva com o que qualificou como "clima de hostilidade" no julgamento do ex-presidente Lula, pelo   (TRF-4), em Porto Alegre; na nota, o partido orienta seu militantes a manifestarem suas opiniões e a realizarem manifestações de forma pacífica; documento também observa que "o sistema judiciário possui seus próprios mecanismos de revisão de decisões que devem seguir critérios técnicos, independente da conjuntura política"

Brasília - Marina Silva da Rede Sustentabilidade lança a campanha Nem Dilma Nem Temer, Nova Eleição é a Solução (Elza Fiuza/Agência Brasil)
Brasília - Marina Silva da Rede Sustentabilidade lança a campanha Nem Dilma Nem Temer, Nova Eleição é a Solução (Elza Fiuza/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

 247 - A Rede Sustentabilidade, da pré-candidata à Presidência da República Marina Silva, disse, em nota, estará apreensiva com o que qualificou como "clima de hostilidade" no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. Na nota, o partido orienta seu militantes a manifestarem suas opiniões e a realizarem manifestações de forma pacífica.

Na nota, a legenda destaca, ainda, as investigações da Operação Java Jato e que todos são iguais perante a lei e que "por isso a REDE também tem defendido o fim do foro privilegiado, que dificulta o julgamento dos políticos investigados por corrupção e cria duas categorias de cidadãos.

O documento também observa que "o sistema judiciário possui seus próprios mecanismos de revisão de decisões que devem seguir critérios técnicos, independente da conjuntura política".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247