Renan Calheiros manifesta apoio ao pedido de investigação feito pelo STJ contra Lava Jato: "A prisão os aguarda"

O ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), pediu que a Procuradoria-Geral da República investigue a atuação dos procuradores da Lava Jato contra os ministro da Corte reveladas pelas conversas em aplicativa de mensagem

Renan Calheiros
Renan Calheiros (Foto: Jane de Araújo - Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) manifestou apoio ao pedido feito pelo ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), para que a Procuradoria-Geral da República investigue a atuação dos procuradores da Lava Jato contra os ministro da Corte reveladas pelas conversas no aplicativo de mensagem Telegram investigados pela Operação Spoofing.

"Expresso meu total apoio à iniciativa do ministro Humberto Martins que pediu a PGR a investigação sobre ilegalidades da Lava Jato contra ministros  do STJ. A cada dia somos surpreendidos pela desinibição criminosa do primeiro comando de Curitiba. A prisão os aguarda", escreveu o senador em sua páginas nas redes sociais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email