Retorno de Aécio pode implodir PSDB

A volta de Aécio Neves ao comando do PSDB tem tudo para causar a autodestruição do partido; a conduta de Aécio, que tem conduzido pessoalmente negociações para salvar Michel Temer na Câmara, vai contra o acordo fechado com Tasso antes do recesso parlamentar; Tasso queria entregar o cargo em junho, mas desistiu, a pedido da ala jovem do partido; alguns consideraram sair do PSDB, se ele desistisse do comando antes de uma convenção; após 70 dias de indecisão, o PSDB volta ao Congresso em colapso

tasso aecio
tasso aecio (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O apoio incondicional de Aécio Neves a Michel Temer pode custar caro à unidade nacional tucana.

O PSDB implodiu. Os acertos de Aécio com Temer para virar votos em favor do peemedebista na Câmara levaram o senador Tasso Jereissati a decidir devolver a presidência do partido ao colega mineiro.

A conduta de Aécio, que é acusado de corrupção e alvo de novo pedido de prisão do Ministério Público, vai contra o acordo fechado com Tasso antes do recesso parlamentar.

Ambos tiveram uma forte discussão, encerrada depois que Aécio prometeu renunciar ao posto em agosto e aceitar a convocação de novas eleições internas. Tasso queria entregar o cargo em junho, mas desistiu, a pedido da ala jovem do partido. Alguns consideraram sair do PSDB, se ele desistisse do comando antes de uma convenção.

Após 70 dias de indecisão, o PSDB volta ao Congresso em colapso.

As informações são da coluna Poder em Jogo de O Globo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247