Santos Cruz: com "mentalidade anarquista", Bolsonaro promove a "erosão" do Exército

"Junto com seguidores extremistas", diz o general e ex-ministro, Bolsonaro alimenta "um fanatismo que certamente terminará em violência". "É projeto de poder", afirma Santos Cruz

General Carlos Alberto dos Santos Cruz
General Carlos Alberto dos Santos Cruz (Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - General da reserva e ex-ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz criticou duramente, em artigo no Estado de S. Paulo neste domingo (13), a "erosão" do Exército do Brasil promovida por Jair Bolsonaro. "'EB' quer dizer Exército Brasileiro e não 'Exército Bolsonarista'", escreveu o militar.

"Infelizmente, a mentalidade anarquista do presidente age para destruir e desmoralizar as instituições, e banalizar o desrespeito pessoal, funcional e institucional. Junto com seguidores extremistas, alimenta um fanatismo que certamente terminará em violência", afirma o general.

Na visão de Santos Cruz, Bolsonaro vem testando o Exército constantemente. "É projeto de poder. Não acontece só por despreparo, irresponsabilidade e inconsequência. Isso é processo planejado, que vem sendo adotado e tentado de forma sistemática".

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email