Segundo Míriam Leitão, Paulo Guedes joga a culpa no STF pela crise institucional

A jornalista Míriam Leitão interpreta a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a relação entre a crise e o "barulho político" como uma crítica ao Supremo

Ministro da Economia, Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - "Uma das causas para a alta do dólar é justamente o que disse Guedes, o 'barulho político', que nada mais é do que a crise institucional entre os Poderes", escreve Míriam Leitão no Globo. 

Porém, a jornalista não vê a fala de Guedes como uma crítica ao governo e sim ao STF: "Quem interpretou a fala dele como uma crítica ao governo Bolsonaro se enganou. Ele acha que há o fenômeno, mas quem o provoca é o Supremo Tribunal Federal (STF). É isso que fica claro quando diz que Bolsonaro 'não mandou prender ninguém' e que 'tem gente prendendo aí' ". 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email