Sem quórum para votar pacote de Moro, líder da bancada da bala se diz "decepcionado"

"Para minha surpresa e decepção, não temos partidos suficientes para apresentar o requerimento de urgência para o pacote do ministro”, disse o líder da bancada da bala, o líder da bancada da bala, deputado Capitão Augusto (PL-SP)

(Foto: Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Aliado do ministro Sergio Moro, o líder da bancada da bala, deputado Capitão Augusto (PL-SP), disse estar “decepcionado” com a falta de quórum para votar um requerimento de urgência para o pacote anticrime.

“Para minha surpresa e decepção, não temos partidos suficientes para apresentar o requerimento de urgência para o pacote do ministro”, disse o parlamentar, segundo informa o site Metrólpoles.

“São necessários partidos que somem 257 deputados….vergonhoso… não será votado esse ano ao que tudo indica”, completou.

O pacote inclui medidas compostas por dois projetos de lei e um projeto de lei complementar que alteram 14 leis, como o Código Penal, o Código de Processo Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral. A proposta legitima a ação de agentes públicos e privados que cometem homicídios, sem que tais agentes possam ser punidos, ou que para muitos especialistas é a lincença para matar.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247