Sem ter o que mostrar em 3 meses de governo, Bolsonaro ataca o Bolsa Família

Sem ter nada de concreto para mostrar à população nos seus três primeiros meses de mandato, o presidente Jair Bolsonaro usou sua transmissão ao vivo, feita na última segunda-feira (18), para atacar o Bolsa Família, programa criado por Lula e que atendeu, no ano passado, mais de 13,5 milhões de famílias de baixa renda; segundo ele,um estudo do Ministério da Cidadania teria apontado que crianças  entre 0 e 3 anos, filhos de beneficiários do programa, teriam, em média, "desenvolvimento intelectual" 1/3 mais lento que a média mundial

Sem ter o que mostrar em 3 meses de governo, Bolsonaro ataca o Bolsa Família
Sem ter o que mostrar em 3 meses de governo, Bolsonaro ataca o Bolsa Família

247- A live transmitida na última segunda-feira (18) pelo presidente Jair Bolsonaro, juntamente com seu filho, deputado Eduardo Bolsonaro, durante sua viagem aos Estados Unidos, voltou a gerar repercussão entre os internautas após atacar o Bolsa Família, programa criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que atendeu, no ano passado, mais de 13,5 milhões de famílias de baixa renda.

Na transmissão, Bolsonaro diz que um estudo realizado pelo Ministério da Cidadania teria apontado que crianças com idades entre 0 e 3 anos, filhos de beneficiários do programa Bolsa Família, criado no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, teriam, em média, um "desenvolvimento intelectual" 1/3 mais lento que a média registrada em nível mundial. No vídeo, porém, Bolsonaro, não dá maiores detalhes sobre a pesquisa.

"Um dado inacreditável: nosso ministro da Cidadania [Osmar Terra] fez um levantamento de 3 mil famílias que recebem Bolsa Família. Pegou a garotada de zero a três anos. Essa garotada foi acompanhada por um tempo. Chegou-se à conclusão que o desenvolvimento intelectual dessa garotada, filhos de Bolsa Família, equivalia a 1/3 da média mundial", diz Bolsonaro na transmissão.

"Realmente, fica até difícil até com boas escolas fazer com que essa garotada, que começa errado lá atrás, tenha capacidade de fazer uma boa escola, uma boa universidade e ser um bom profissional lá na frente. São os problemas, as heranças que temos por aí e temos que começar a mudar", completou.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247