Sob governo Bolsonaro, Petrobrás fecha fábrica e demite mais de mil no Paraná

Impedida de vender fábrica de fertilizantes, direção da Petrobras decidiu fechar a fábrica de fertilizantes Araucária Nitrogenados (Ansa), no Paraná

(Foto: REUTERS/Sergio Moraes)

Revista Forum - A Petrobras anunciou nesta terça-feira (14) o fechamento da fábrica de fertilizantes Araucária Nitrogenados (Ansa), no Paraná. A decisão faz parte do processo de encolhimento da estatal que já acontece há mais de dois anos, mas ganhou novo fôlego com o governo do presidente Jair Bolsonaro e as orientações do ministro da Economia, Paulo Guedes. Com o fechamento da Ansa, 396 trabalhadores diretos e mais 600 terceirizados serão demitidos.

“Com a decisão, a empresa dá continuidade à sua estratégia de sair do segmento de fertilizantes e focar em ativos que gerem maior retorno financeiro e estejam mais aderentes ao negócio”, diz a empresa em comunicado.

A decisão, na prática, representa uma “hibernação” da fábrica, na qual a Petrobras tentou vender, mas foi impedida por decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Fachin acatou liminar apresentada por sindicatos e entidades de petroleiros que eram contra a venda da Araucária e da Transportadora Associada de Gás (TAG).

confira a reportagem complata na Revista Forum.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247