Somente 5% dos brasileiros dizem acreditar que a polícia não é racista

Pesquisa "Periferia, racismo e violência", realizada pelo Datafavela, aponta que apenas 5% dos brasileiros dizem acreditar que a polícia não é racista, contra 52% dos que consideram a corporação muito racista

Policiais Militares do Rio de Janeiro
Policiais Militares do Rio de Janeiro (Foto: PMRJ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa "Periferia, racismo e violência", realizada pelo Datafavela, uma parceria da Central Única das Favelas (Cufa) com o Instituto Locomotiva, aponta que apenas 5% dos brasileiros dizem acreditar que a polícia não é racista, contra 52% dos que consideram muito racista. Ainda segundo o levantamento, 50% dos moradores de periferias dizem ter medo da polícia. 

A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (8) pelo jornal Folha de S. Paulo, ressalta que 4 em cada 10 brasileiros de áreas de periferias já foram sofreram algum tipo de violência policial, fosse agressões físicas ou verbais, desrespeito ou extorsão. 

Ainda conforme o levantamento, 56% dos negros (pardos + pretos) periféricos disseram que já sentiram medo ao interagir com policiais em situações consideradas rotineiras ou cotidianas. Este número, porém, sobe para 67% quando a população preta é isolada. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email