Tarso Genro defende candidatura de Manuela D’Ávila em aliança entre PCdoB, PT e PSOL

"Manuela D'Ávila pode ser o traço de uma união entre PT, PSOL e PCdoB para ganharmos a prefeitura de Porto Alegre", afirmou o ex-governador do Rio Grande do Sul

Pedro Revillion/Palácio Piratini
Pedro Revillion/Palácio Piratini
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Ao comentar sobre colóquio realizado em Porto Alegre com a participação de dirigentes políticos de PT, PCdoB e PSOL, além de intelectuais e movimentos sociais, o ex-ministro Tarso Genro exaltou a figura de Manuela D’Ávila para a construção de uma frente de esquerda na capital gaúcha. A declaração foi dada nesta quinta-feira (14) à Rádio Carta Maior.

“Foi um excelente colóquio. A Manuela [D’Ávila] estava lá e ela foi uma figura muito visada, no bom sentido, nesse colóquio porque ela pode ser o traço de uma união hoje que una PT, PSOL e PCdoB para ganharmos a prefeitura de Porto Alegre”, afirmou Genro, que foi já foi prefeito da capital por dois mandatos e comandou o Rio Grande do Sul entre 2011 e 2015.

Leia mais na Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247