TCU vai investigar se Damares cometeu irregularidade em concessão de bolsas

O TCU vai investigar se houve irregularidades na destinação de recursos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, chefiado pela ministra Damares Alves, para a Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), da pasta

Damares Alves
Damares Alves (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Contas da União (TCU) vai investigar se houve irregularidades na destinação de recursos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, chefiado pela ministra Damares Alves, para a Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), da pasta. 

A representação foi feita por senadores do PT, baseando-se em reportagem do The Intercept em agosto, que revelou que houve pagamento de bolsas a funcionários e pessoas ligadas à Secretaria, em decorrência de convênio firmado com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), no âmbito do projeto Sistema Nacional da Juventude (Sinajuve).

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247