Temendo CPI, apoiadores de Bolsonaro apagam 385 vídeos do YouTube

Pesquisa realizada por empresa especializada em dados comprova que desde o anúncio da CPI da Covid em abril, canais de apoio a Bolsonaro no YouTube apagaram 385 vídeos que faziam menção à cloroquina

Jornalista Alexandre Garcia
Jornalista Alexandre Garcia (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247- Um estudo realizado pela empresa especializada em dados  Novelo Data constatou que 34 canais de apoiadores de Bolsonaro apagaram ou podem ter ocultado, 385 vídeos da plataforma YouTube entre os dias 14 de abril e 6 de maio de 2021 relacionados ao tema “tratamento precoce”.  Os vídeos simplesmente sumiram do ar. A pesquisa foi encomendada pelo site Congresso em Foco.

De acordo com o  sócio-fundador da Novelo Data, Guilherme Felitti, não é possível apontar se os vídeos foram efetivamente apagados ou meramente ocultados no site. Ele diz ainda que o número de vídeos pode ser maior, já que os algoritmos do próprio YouTube podem fazer essa limpeza.   

A CPI da Covid vai investigar se esses influenciadores podem ter recebido, através da Secretaria de Comunicação, financiamento de propaganda. 

Veja mais em Congresso em Foco


Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email