Temer faz papel ridículo na ONU

Temer fez um melancólico "discurso de despedida" na abertura da Assembleia Geral da ONU em Nova York, na manhã desta terça (25), ignorado pelo Brasil e o mundo; na véspera, foi deixado de fora do jantar oferecido por Donald Trump na véspera aos líderes mundiais presentes ao evento

Temer faz papel ridículo na ONU
Temer faz papel ridículo na ONU (Foto: REUTERS/Carlo Allegri)

247 - Temer fez um melancólico "discurso de despedida" na abertura da Assembleia Geral da ONU em Nova York, na manhã desta terça (25), ignorado pelo Brasil e o mundo. Na véspera, foi deixado de fora do jantar oferecido por Donald Trump na véspera aos líderes mundiais presentes ao evento. Alçado ao poder pelo golpe de Estado de 2015/16, Temer sairá do Planalto pela porta dos fundos, como o presidente mais impopular da história, com taxa de desaprovação perto dos 80% e menos de 5% de aprovação. 

No discurso, Temer mentiu descaradamente aos presentes na Assembleia Geral ao afirmar que o governo dele teria derrotado o "populismo" que nunca existiu nos governos do PT. "Dissemos não ao populismo", afirmou, para em seguida enfileirar uma sequência de mentiras: "vencemos a pior recessão de nossa História --recessão com severas consequências para a sociedade, sobretudo para os mais pobres. Recolocamos as contas públicas em trajetória responsável e restauramos as contas públicas em trajetória responsável e restauramos a credibilidade da economia".  O golpe de Estado mergulhou o país numa recessão brutal, que levou a criação de um exército de 14 milhões de desempregados, desorganizou as contas do país e liquidou com a credibilidade no Brasil em escala global, como se sabe.

Na segunda-feira à noite, para completar o vexame, Temer ficou de fora do jantar tradicionalmente oferecido pelo presidente americano aos chefes de governo e Estado que participam da Assembleia Geral da ONU. O Itamaraty não conseguiu sequer apresentar uma explicação plausível para a ausência, informando por meio de nota que “não está previsto jantar com o Trump.”

A recepção é realizada no Lotte New York Palace Hotel, perto do Rockfeller Center, em Nova York. Trump e a primeira-dama, Melania, recebem chefes de Estado e de governo no local.

Até o desprestigiado presidente argentino Maurício Macri foi ao jantar. Temer foi barrado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247