Tereza Cruvinel critica a 'servidão voluntária' de Bolsonaro aos EUA

jornalista Tereza Cruvinel usou o Twitter para criticar os sinais de "servidão" emitidos pelo governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) aos Estados Unidos; "Impressionante esta servidão voluntária e a troco de nada aos EUA. Depois do boné de Trump na cabeça do filho, esta continência para Bolton. Sem falar no vexame do recuo em sediar a ECO-25. Brasil acima de tudo não pode ser isso...", postou em referência ao alinhamento automático do Brasil aos interesses da política externa dos EUA

Tereza Cruvinel critica a 'servidão voluntária' de Bolsonaro aos EUA
Tereza Cruvinel critica a 'servidão voluntária' de Bolsonaro aos EUA

247 - A jornalista Tereza Cruvinel usou o Twitter para criticar os sinais de "servidão" emitidos pelo governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) aos Estados Unidos. "Impressionante esta servidão voluntária e a troco de nada aos EUA. Depois do boné de Trump na cabeça do filho, esta continência para Bolton. Sem falar no vexame do recuo em sediar a ECO-25. Brasil acima de tudo não pode ser isso...", postou.

A postagem faz referência direta ao fato d p deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito e que vem atuando como uma espécie de embaixador informal do futuro governo, ter usado um boné da campanha pela reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante uma viagem aos EUA. Ali, ele anunciou a transferência da Embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, em um sinal de alinhamento à política externa norte-americana. Nesta quinta-feira (29), porém, Bolsonaro recuou e disse que o país terá apenas um escritório em Jerusalém. 

Um outro sinal destacado pela jornalista foi a continência feita por Bolsonaro ao assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, durante um encontro no Rio de Janeiro. Bolsonaro também afirmou que o Brasil não irá sediar a Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 25. A alegação inicial para o cancelamento da conferência foi a de restrições orçamentárias, mas pouco depois Bolsonaro disse que não queria anunciar a saída do Brasil do Acordo De Paris durante o evento.

Confira a postagem de Tereza Cruvinel sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247