Toffoli vai propor o fim de feriados exclusivos para o Judiciário

O ministro Dias Toffoli, que assumirá a presidência do STF, no dia 13 setembro, enviará ao Congresso Nacional propostas para acabar com os feriados que só existem para o Judiciário; também é cogitado o fim das férias duplas para magistrados; a informação foi publicada pela colunista Mônica Bergamo

Toffoli vai propor o fim de feriados exclusivos para o Judiciário
Toffoli vai propor o fim de feriados exclusivos para o Judiciário (Foto: Nelson Jr. - STF)

247 - O ministro Dias Toffoli, que assumirá a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 13 setembro, enviará ao Congresso Nacional propostas para acabar com os feriados que só existem para o Judiciário. A informação foi publicada pela colunista Mônica Bergamo.

Ao menos três feriados devem ser extintos: o de 11 de agosto, em comemoração ao Dia da Criação dos Cursos Jurídicos no Brasil, o de 1º de novembro, Dia de Todos os Santos, e a Quarta-Feira Santa - para juízes federais, a Páscoa começa neste dia da semana e vai até domingo.

Segundo a colunista, Toffoli está conversando com entidades de classe jurídica para um acordo em torno da medida. O fim das férias duplas para magistrados também está em estudo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247