Tucana admite conversa com Moro, confirmando veracidade de mensagens

A senadora tucana Mara Gabrilli (PSDB-SP) confirmou a veracidade do conteúdo divulgado pelo The Intercept, ao admitir conversa com o ex-juiz Sergio Moro, hoje ministro de Jair Bolsonaro, para pedir que ele intercedesse para convocar Marcos Valério, pivô do escândalo do mensalão tucano, para depor

Tucana admite conversa com Moro, confirmando veracidade de mensagens
Tucana admite conversa com Moro, confirmando veracidade de mensagens (Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados)

247 - Enquanto Sergio Moro e procuradores tentam sustentar a tese de que form hackeados e que mensagens foram adulteradas, a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) confirmou a veracidade do conteúdo divulgado pelo The Intercept, que revelou conversas do então juiz combinado ações e medidas do processo na Lava Jato.

A senadora foi citada nas mensagens trocadas entre Deltan Dallagnol e Moro, em que o ex-juiz pede ao procurador que interceda em favor do pedido da então deputada federal para convocar Marcos Valério, pivô do escândalo do mensalão tucano, para depor.

Gabrili diz que fez apenas um "comentário", e não uma "demanda", ao mandar mensagem ao ex-juiz federal, com a frase "me ajuda, o que faço?".

"Foi um comentário. Não estava entregando uma demanda", afirmou a senadora em entrevista ao site UOL.

"A declaração de Gabrilli implicitamente confirma a veracidade das mensagens divulgadas", disse o site.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247