Tutelada por militares, Apex assegura renda de até R$ 84 mil para generais e almirantes da reserva

Nomeação de 10 generais, almirantes e capitães de mar e guerra para cargos de chefia na Apex resultou em uma renda mensal de até R$ 84 mil para estes militares. Valor é resultante da soma do pagamento de salários com os vencimentos da aposentadoria

Fachada da Apex e presidente da Apex, o contra-almirante da Marinha Sérgio Segovia
Fachada da Apex e presidente da Apex, o contra-almirante da Marinha Sérgio Segovia (Foto: Divulgação | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A decisão do governo Jair Bolsonaro de entregar a chefia da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) para os militares resultou na nomeação de 10 generais, almirantes e capitães de mar e guerra que – ao acumular os salários pagos pela agência e a aposentadoria militar – recebem vencimentos mensais de até R$ 84 mil.

Segundo reportagem da Gazeta do Povo, o presidente da Apex, o contra-almirante da Marinha Sérgio Segovia, recebe R$ 76 mil mensais. O valor pago ao militar é 146% mais alto que o salário do presidente da República. A Presidência atualmente é ocupada por Jair Bolsonaro, ex-capitão do Exército. 

Ainda de acordo a reportagem, o general Mauro Lorena Cid recebe R$ 84 mil e o vice-almirante Ederaldo Teixeira de Abreu, que ocupa o cargo de diretor de Gestão Corporativa, acumula rendimentos da ordem de R$ 70,5 mil. 

Nenhum dos militares nos cargos de chefia da Apex sofre o chamado abate-teto pelo fato da agência ser considerada uma entidade de direito privado e, portanto,  não estar enquadrada no limite do teto constitucional.  

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email