'Você é irresponsável e covarde', rebate Freixo sobre Bolsonaro chamar 80 tiros de incidente

"Eu reclamei do seu silêncio, @jairbolsonaro. Mas estou arrependido, porque você deveria ficar calado. Você é irresponsável e covarde", afirmou o deputado Marcelo Freixo (PSol-RJ), manifestando a sua indignação às declarações do presidente Jair Bolsonaro que classificou o assassinato de um pai de família com 80 tiros por soldados do Exército como "incidente".

'Você é irresponsável e covarde', rebate Freixo sobre Bolsonaro chamar 80 tiros de incidente
'Você é irresponsável e covarde', rebate Freixo sobre Bolsonaro chamar 80 tiros de incidente

247 - O deputado Marcelo Freixo (PSol-RJ) manifestou a sua indignação às declarações do presidente Jair Bolsonaro que classificou o assassinato de um pai de família com 80 tiros por soldados do Exército como "incidente".

"Você chama de incidente, Bolsonaro, 80 tiros dados por um soldado, um tenente. Dados contra um carro e que mata um pai de família?!", questionou. "Você disse que não entende nada de economia, mas você não entende nada de nada. Você não entende nada de humanidade. Não entende nada de pessoas. Você é desumano. Você é covarde", acrescentou Freixo, informando que se encontrou com familiares da vítima.

O "incidente", como se referiu o presidente, aconteceu quando dez militares abriram fogo contra o carro em que o músico Evaldo Rosa dos Santos estava com a família foi supostamente confundido com um carro utilizado por criminosos. Evaldo morreu no local e outras duas pessoas ficaram feridas no tiroteio desencadeado pelos soldados do Exército.

"Eu reclamei do seu silêncio, @jairbolsonaro. Mas estou arrependido, porque você deveria ficar calado. Você é irresponsável e covarde. Um pai de família foi fuzilado pelo Exército e você falando em incidente. Pena que eu tenha que dizer isso pra o presidente da República", escreveu o parlamentar em suas redes sociais.

Confira o vídeo:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247