Voo 477: caixa-preta aberta em perfeito estado

Mistrio comea a chegar ao fim; tcnicos acessam contedo das gravaes em avio que caiu no mar

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Roberta Namour, correspondente Brasil 247 em Paris_ As caixas-pretas falaram. O Escritório de investigação e análises (BEA) anunciou esta manhã a recuperação de todos os dados contidos nas duas caixas-pretas do voo AF 477 Rio-Paris. Eles estão em ótimo estado. O acidente fez 228 vítimas no dia 1° de junho de 2009. A análise do material deve durar algumas semanas, segundo os investigadores. O BEA acrescenta que um primeiro relatório sobre as causas da queda da aeronave deve ser publicado em alguns meses, no verão Europeu. A conclusão, no entanto, só será divulgada no início de 2012.

Os gravadores do voo, resgatados no dia 1° e 2 de maio, estavam a uma profundidade de 3.900 metros no oceano Atlântico, há dois anos – um recorde na história da aviação. Os investigadores temiam que as condições de conservação poderiam comprometer a qualidade dos dados. Mas isso parece não ter acontecido. As duas caixas-pretas, um contendo os parâmetros do voo e a outra a gravação sonora do cockpit, possuem as informações cruciais para explicar a catástrofe.

Quanto ao resgate dos corpos, a decisão de continuar a operação deve ser tomada na quarta-feira. Se o DNA dos dois cadáveres retirados do fundo do mar na semana passada não forem conclusivos, a remontagem será interrompida.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247