Weintraub diz que não pode revelar onde está "por questões de segurança"

Ex-ministro da Educação afirmou à CNN que está enfrentando uma “confusão danada” e, neste momento, dedica-se nos EUA a resolver uma série de questões práticas

Abraham Weintraub
Abraham Weintraub (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub disse que não pode revelar sua localização "por questões de segurança", depois de ter viajado para os Estados Unidos no final de semana, antes mesmo de sua exoneração do MEC.

Em entrevista à CNN, ele disse que está enfrentando uma “confusão danada” e, neste momento, dedica-se nos EUA a resolver uma série de questões práticas.

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) ingressou com uma representação nesta segunda-feira (21) para que a Corte apure uma possível participação do Itamaraty na viagem. 

Na avaliação do sub-procurador Lucas Furtado, pode ter havido desvio de finalidade por parte da pasta comandada por Ernesto Araújo, uma vez que a entrada do ex-ministro no país em Miami, sem caráter oficial, só ocorreu graças ao passaporte diplomático. 

Nos EUA, Weintraub atuará como diretor no Banco Mundial. Ele é alvo do inquérito das fake news e de ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal que corre na Corte.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247