Zé Trovão desafia PF a prendê-lo na Esplanada durante o ato golpista do 7 de setembro (vídeo)

Bolsonarista teve prisão decretada e não se entregou à polícia. É suspeito de organizar atos antidemocráticos previstos para 7 de setembro

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - O caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como “Zé Trovão”, afirmou, na noite dessa sexta-feira (3/9), que vai se entregar à Polícia Federal (PF) durante os atos de 7 de setembro, data em que é celebrada a Independência do Brasil.

Zé Trovão é um dos alvos do inquérito que apura a organização de atos antidemocráticos marcados para 7 de setembro. A prisão foi solicitada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), e a determinação partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais, o bolsonarista afirmou que a prisão dele será “no meio do povo”. Na decisão de Moraes, o ministro derrubou as redes sociais de Zé Trovão e proibiu a participação do caminhoneiro em vídeos e lives.

PUBLICIDADE

“Vou me entregar para vocês dia 7 de setembro, no meio do povo. Vai me buscar lá. Só isso que eu tenho para dizer. […] Eu não quero que ninguém feche barreiras. O povo abre e deixa a polícia me prender no meio do povo. Dia 7 de setembro vocês podem me prender”, disse.

Leia a íntegra no Metrópoles.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email