América Latina já contabiliza 10 milhões de infectados pela Covid-19; mais de metade no Brasil

A região é mais afetada pela pandemia em todo o mundo em número de casos e óbitos e mais da metade das infecções foram registradas no Brasil, que contabilizou 5.057.190 casos e 149.692 óbitos nesta sexta-feira

Covid-19 nas favelas
Covid-19 nas favelas (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A América Latina e o Caribe ultrapassaram a marca de 10 milhões de casos do novo coronavírus neste sábado, 10. A região é mais afetada pela pandemia em todo o mundo em número de casos e óbitos e mais da metade das infecções foram registradas no Brasil, que contabilizou 5.057.190 casos e 149.692 óbitos nesta sexta-feira, 9.

Em seguida, tem a Colômbia, com 894.300 casos confirmados e 27.495 óbitos; a Argentina, com 871.455 casos e 23.225 mortes; e o Peru, com 843.355 infecções registradas e 33.098 mortes. De acordo com a universidade americana Johns Hopkins, o Peru tem a maior taxa de mortalidade pela Covid-19 do mundo. 

Por outro lado, países como Cuba e Venezuela se destacaram na região pela bom desempenho para controlar a pandemia do novo coronavírus. A ilha registrou 5.883 casos e 123 mortes desde o início da pandemia, enquanto a Venezuela contabilizou oficialmente 74.363 casos, mas apenas 21 mortes.

No mundo, são 36.886.080 infectados e já 1.068.225 de vítimas fatais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) registrou na sexta-feira, 9, pelo segundo dia consecutivo, um recorde de casos do novo coronavírus em todo o mundo.

Os dados revelam que no período de 24 horas, foram contabilizados 350.766 casos de Covid-19. A alta tem sido puxada pelo novo 'boom' de contágios registrados na Europa após a reabertura econômica.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247