Avanço da vacinação faz com que Covid deixe de ser a principal causa de mortes no país

Dados da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais apontam que as doenças cardiovasculares voltaram ao topo do ranking de óbitos, algo que não acontecia desde abril de 2020

(Foto: GovSP)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O avanço da vacinação contra Covid-19 fez com que a doença deixasse de ser a principal causa de mortes no país desde a segunda quinzena de outubro, conforme dados dos cartórios de registro civil no portal da transparência da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil). De acordo com o UOL, as doenças cardiovasculares agora encabeçam o ranking de óbitos, com destaque para o acidente vascular cerebral (AVC). 

O levantamento, realizado entre os dias 16 e 31 de outubro, aponta que as principais causas de morte por doença no país no período foram o AVC (4.220), infarto (4.176), causas cardíacas inespecíficas (4.107) e, por fim, a Covid-19 (3.605).

Apesar da queda, o Brasil ainda registra uma média diária de 300 mortes diárias em decorrência do coronavírus. Segundo a Fiocruz, o nível de mortes ainda é elevado e é necessário manter os cuidados e  avançar com  a vacinação para evitar uma nova onda do coronavírus como está acontecendo em países da Europa e da Ásia. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email