Com epidemia de coronavírus perto do auge, Bolsonaro abraça e pega crianças no colo no Alvorada

Desafiando as autoridades sanitárias do Brasil e do mundo, Jair Bolsonaro abraço e carregou no colo crianças, nos jardins do Palácio da Alvorada, na manhã desta terça-feira. Foi durante cerimônia de hasteamento da bandeira. Bolsonaro anunciou que enviará ao Congresso projeto proibindo o ensino do que a extrema-direita chama de “ideologia de gênero” nas escolas

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Bolsonaro abraçou e pegou crianças no colo nos jardins do Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira (12), quando a epidemia do coronavírus aproxima-se do auge. Foi durante uma cerimônia mensal de hasteamento da bandeira brasileira que reúne ministros. As crianças, visivelmente, paupérrimas, foram levada ao local por um padre católico fundamentalista, Pedro Stepien. 

Num jogral desengonçado, visivelmente ensaiado, as crianças começara, a apresentar “reivindicações”, basicamente com o conteúdo da plataforma moral fundamentalista. “Nós crianças não queremos a ideologia de gênero”, falaram, ao que Bolsonaro respondeu que enviará hoje ao Congresso um projeto de lei “com urgência constitucional sobre o assunto”.

Segundo Bolsonaro, será enviado projeto de lei federal proibindo o ensino do que o bolsonarismo qualifica “ideologia de gênero” nas escolas. “Nós sabemos que por 11 a 0 o STF derrubou uma lei municipal [que proibia o ensino da ideologia de gênero]. Já pedi ao major Jorge [Oliveira, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência] uma lei federal, que devemos aprovar hoje”, afirmou.

A outra “reivindicação” segundo a qual “nós crianças não queremos a lei da alienação parental”, recitada por uma menina, Bolsonaro convocou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, que respondeu, sobre outro assunto, assegurando que nos livros didáticos de sua gestão estará impressa a garantia de “que as crianças agora têm direito a ter religião” -como se tal direito tivesse sido ameaçado em algum momento, em outra fake news grosseira. 

A cerimônia prosseguiu com o hasteamento da bandeira.

Veja outra foto de Bolsonaro abraçando as crianças e colocando-as em risco e, a seguir, o post de Bolsonaro com o vídeo:

bolsonaro-crianças
Bolsonaro abraça crianças em meio à pandemia

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247