Coronavírus está no comando do Brasil, aponta o francês ‘Le Monde’

O jornal francês Le Monde afirma que o Brasil se transformou em um caos e que a resposta do governo Bolsonaro à pandemia é um desastre. Outros veículos internacionais também destacam a tragédia brasileira: “a doença de Bolsonaro é um símbolo poderoso da resposta fracassada de seu governo ao surto”, afirmou a agência Reuters

(Foto: Reprodução do Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Enquanto a imprensa doméstica naturaliza e normaliza a tragédia sanitária por que passa o Brasil, o jornalismo internacional cumpre seu papel e denuncia o descaso do governo Bolsonaro com os mais de 68 mortos brasileiros e quase dois milhões de infectados. 

Leia a reportagem do jornal Le Monde. 

A Associated Press foi na mesma direção e destacou que Bolsonaro é uma espécie de garoto-propaganda da hidroxicloroquina, sublinhando os cuidados para o uso da droga, que pode causar efeitos colaterais fatais.

Depois da confirmação de que Bolsonaro foi contaminado pelo vírus, a imprensa global continua a repercutir a explosão de casos no país, destacando a catastrófica reação do governo à pandemia e o uso da hidroxicloroquina defendida pelo presidente, chamado de “garoto-propaganda” da droga pela agência internacional de notícias Associated Press. Já o diário francês ‘ Le Monde’ afirma que o coronavírus está no comando do país.

A reportagem publicada nesta quinta ressalta que a pandemia varre o Brasil enquanto grandes capitais como o Rio de Janeiro mergulharam em uma “anarquia total”. “Sob pressão dos círculos empresariais, mas também do presidente Jair Bolsonaro, prefeitos e governadores do país começaram a decretar por toda parte o fim das medidas de contenção que haviam adotado localmente”, relata o jornal. Ainda de acordo com o ‘Le Monde’, que descreve o panorama da pandemia a partir da capital carioca, “nenhuma distância é respeitada, quase nenhum controle é garantido”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email